Artículo

Competências necessárias para saber como liderar um ambiente VUCA

Como liderar com o método VUCA com êxito?

Liderar com êxito nas organizações está a tornar-se uma tarefa cada vez mais complexa. Devido ao contexto temporal no qual nos encontramos. A rapidez e a capacidade de adaptação marcam o ambiente empresarial incerto e em constante transformação.

O ambiente empresarial actual recebe o nome de VUCA que corresponde, em inglês, às siglas Volatilidade (V), Incerteza (U), Complexidade (C) e Ambiguidade (A). Este conceito começou a ser pelo U.S. Army College, no início dos anos 90 para referir-se ao mundo multilateral que surgiu depois da Guerra Fria. Um mundo que se caracterizava por ser mais volátil, incerto, complexo e mais ambíguo.

Porém, só com a crise financeira 2008 e 2009 é que a terminologia VUCA ganha grande importância no desenvolvimento da liderança nas organizações

Oito chaves para liderar com o método VUCA

1. Aprendizagem constante

Liderar em um ambiente VUCA implica modificar a maneira como formamos. A formação, no âmbito empresarial pode ser entendida através de dois pontos de vista. O desenvolvimento horizontal e o desenvolvimento vertical.

O desenvolvimento horizontal refere-se àquele em que a pessoa adquire novos conhecimentos sobre áreas que já domina. Enquanto que o desenvolvimento vertical pretende melhorar a capacidade de pensamento. Dado que em um ambiente VUCA não sabemos o que vai acontecer nem tão pouco o que se vai passar.  É, por isso, muito importante trabalhar a nossa capacidade de reacção e trabalhar com diferentes cenários para actuar com rapidez.

2. Capacidade para enfrentar as mudanças

Um líder deve ser capaz de adaptar-se às contínuas mudanças com rapidez, agilidade e persistência face aos seus concorrentes directos.  Pois, se não o fizerem poderão estar condenados ao fracasso.

Não podes impedir uma grande catástrofe, mas sim construir uma organização que esteja disposta a lutar

3. Dar importância à integridade interna e externa

Dizia Peter Drucker que “não podes impedir uma grande catástrofe, mas sim construir uma organização que esteja disposta a lutar, com uma alta moral, que saiba comportar-se, que confie em sim mesma, onde as pessoas tenham confiança mútua… Porque sem confiança não lutarão”.

Em ambientes de incerteza procuramos a confiança daqueles que actuam com integridade, que podemos entendê-la a partir dos planos: o externo e o interno.

A integridade externa está directamente relacionada com a confiança que os outros depositam em nós, ligada ao nosso carácter como líderes. As contradições entre aquilo que um líder diz ser e o seu comportamento influenciam, negativamente, a sua integridade e a confiança que gera na sua equipa.

A integridade interna está ligada à receptividade regular de feedback. É o próprio líder quem faz uma análise interna sobre as diferenças que existem entre o seu comportamento e os princípios que diz ter e defender.

Um líder deve ser capaz de adaptar-se, com rapidez, agilidade e consistência às contínuas mudanças sob pena de perante os seus concorrentes directos sucumbir ao fracasso.

4. Trabalhar de forma colaborativa

Em um ambiente VUCA, as organizações devem estimular as suas equipas a trabalhar em conjunto, em colaboração, por projectos, e melhorar a Comunicação entre eles. Esta nova forma de trabalhar está mais centrada nas pessoas e nos seus conhecimentos. São planeamentos para conseguir a flexibilidade, o dinamismo e as respostas pedidas e exigidas por este novo ambiente competitivo.

5. Ser constantes e ter determinação

A constância e a determinação na tomada de decisões é outra das competências que o líder deve ter em conta se quiser aplicar o método VUCA. Trabalhar orientado por resultados e preconizar acções que sejam necessárias e adaptadas a cada momento para cumprir os objectivos propostos.

Afinal há que ter a capacidade de organizar-se para tirar o melhor de si mesmos e da equipa que os rodeia. Essa determinação, na tomada de decisões, somada à humildade e à empatia farão com que se possam gerar cenários de êxito.

6. Ser empáticos com o resto da organização mediante o respeito e o interesse genuíno

O modelo de liderança VUCA exige que o líder consiga uma conexão emocional com a equipa, isto é, que exista respeito e interesse genuíno pelo outro.  Saber o que necessita cada um dos membros gerará um ambiente de confiança que permitirá tirar o melhor de cada um conseguindo, assim, grandes resultados.

7. A Comunicação deve ser permanente e clara

Saber transmitir as mensagens adequadas aos diferentes interlocutores será fundamental para conseguir uma comunicação em um ambiente VUCA, bem como desenvolver a nossa capacidade de persuasão. Sem dúvida um dos pontos fundamentais é, também, sermos coerentes com a nossa mensagem. Isto é, que aquilo que transmitimos esteja de acordo com aquilo que mostramos.

8. Aprender com os erros e corrigi-los imediatamente

Como dizia Henry Ford, “o fracasso é uma grande oportunidade para começar outra vez com mais inteligência”. Seguindo está máxima, o fundador da Companhia Ford revela-se bastante sensato saber o que implica esta competência. Em momentos de incerteza, como a que vivemos actualmente, não conseguir os resultados esperados com as nossas acções não significam um fracasso, mas sim que devemos redefinir o plano de acção para corrigir os eventuais erros cometidos. Um líder VUCA deve ter a agilidade suficiente para detectá-los e actuar com a maior brevidade possível.

Estas são algumas das competências que os líderes devem ter em conta para gerir e trabalhar com as suas equipas no ambiente de incerteza no qual nos encontramos.

Em suma, estamos num momento de transformação que requer novos modelos de negócio e organizacionais que não melhorem apenas a sua produtividade mas que também impulsionem a participação, colaboração, agilidade e motivação de toda a equipa.

Está preparado para esta mudança?

Você pode estar interessado
Comentários

Adicione seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Gracias por tu participación
Comparte el manifiesto y contribuye a impulsar la innovación entre empresas, organizaciones y directivos.
Agora você está vendo o conteúdo de APD zona centro.
Se desejar, pode aceder ao conteúdo adaptado à sua área geográfica