Artículo

Tendências Tecnológicas para 2019: prepare-se para continuar a inovar

De acordo com o estudo anual elaborado pela empresa de consultoria Gartner, apresentamos, abaixo, as previsões para este ano no que diz respeito às tendências tecnológicas, que, segundo os especialistas, serão consolidadas.

As dez tendências tecnológicas de 2019

1. Telemóveis 5G

5G é o sucessor da atual rede móvel 4G, e no seu desempenho diferencia-se em aperfeiçoar a experiência de navegação e a velocidade de download. Fabricantes de telemóveis como One Plus, Xiaomi e Huawei, já anunciaram que vão lançar os primeiros dispositivos preparados para redes 5G em 2019.

Esta tecnologia ultrapassa entre 20 e 100 vezes a velocidade de 4G, e permite um maior número de conexões simultâneas. De acordo com a Samsung, com 5G o download de um filme HD de cerca de 15 GB irá requer apenas alguns segundos.

Este mesmo fabricante já exibiu ser capaz de manter uma conexão 5G de boa qualidade em veículos que viajam em alta velocidade, como comboios ou carros.

Por isso, será fundamental o desenvolvimento de serviços de lazer online, baseados em videostreaming em 8K e downloads de vídeo em 4K. O 5G também será fundamental no desenvolvimento de aplicações relacionadas com carros conectados e autónomos.

2. As Novidades na realidade aumentada

Tendências Tecnológicas: Realidade aumentadaA realidade aumentada consiste em visualizar um ambiente real através de um dispositivo digital, para adicionar informações virtuais à informação física.

No primeiro trimestre de 2019, poder-se-á assistir ao lançamento da segunda geração do Hololens, os óculos de realidade aumentada da Microsoft. Estes óculos serão mais económicos, mais leves e mais confortáveis, além de gerar ecrãs holográficos de melhor qualidade, sendo assim considerados uma das tendências tecnológicas para este ano.

O desenvolvimento de serviços de lazer online, vão exigir vídeo-streaming em 8K e downloads de vídeo em 4K

É previsível uma redução em preço, embora isso ainda não esteja confirmado. Mesmo assim, não é um dispositivo ao alcance de qualquer bolso. Portanto, o seu alvo será mais concentrado no mercado de negócios e em setores como marketing, formação, construção e medicina.

3. Os dispositivos autónomos

Esta tecnologia consiste na incorporação da inteligência artificial em objetos. Tem como finalidade, automatizar as funções que, até ao momento, apenas as pessoas conseguiam realizar.

Durante o ano de 2019, vão surgir projetos em que se prevê que os dispositivos autónomos irão mais além. Prevê-se que sejam capazes de interagirem com maior naturalidade com os utilizadores e o seu ambiente. Esta é uma das tendências tecnológicas mais aguardada.

4. Machine learninig e análise aumentada

Segundo Gartner, a análise aumentada usa machine learning para transformar a maneira como o conteúdo analítico é desenvolvido, consumido e partilhado.

Esse conhecimento automatizado pode ser integrado nas aplicações de negócios usados ​​pelos departamentos de Recursos Humanos, Finanças, Vendas, Marketing, Atendimento ao Cliente, Compras e Gestão de Ativos. O objetivo é otimizar a tomada de decisões, integrando os dados no contexto.

5. Democratização dos desenvolvimentos impulsionados pela inteligência artificial

Especialistas de dados e os developers de aplicações estão a unir-se para produzir soluções baseadas em inteligência artificial(AI) que podem ser usadas por pessoas para criar os seus próprios utilitários baseados em AI.

Um bom exemplo disso são os chatbots, aplicações baseadas em AI para melhorar os serviços de atendimento ao cliente. Já existem ambientes que permitem que quase qualquer empresa seja capaz de implementar o seu próprio chatbot sem a necessidade de programadores e especialistas em inteligência artificial.

6. Blockchain

A “cadeia de blocos” é uma tecnologia que permite a eliminação de intermediários financeiros para a realização de transações económicas. Baseia-se na existência de uma base de dados distribuída cujos registros (os blocos) são criptografados para que as transações possam ter a segurança e a privacidade necessárias.

Destina-se a evitar o monopólio bancário, oferecendo um sistema alternativo baseado na transparência e na confiança. É uma tecnologia que é principalmente associada ao mercado de criptomoedas. Poderá também ser usado para digitalizar transações que não sejam estritamente económicas.

As soluções blockchain vão-se posicionar em 2019, automatizando os processos de negócios e digitalizando registos, permitindo que as instituições melhorem a sua eficiência operacional

De acordo com a Gartner, as soluções baseadas em blockchain vão-se posicionar em 2019. E farão isso automatizando os processos de negócios e digitalizando registos permitindo que as instituições melhorem a sua eficiência operacional. Favorecerão ainda a troca de informações e a investigação de ativos.

7. Internet das coisas e os gémeos digitais

Uma das principais tendências identificadas após a conclusão do último congresso mundial sobre as soluções da Internet das coisas, foi a passagem de gémeos digitais dos objetos para fluxos de produção. 

Um gémeo digital é uma representação digital de um objeto real. Esta tecnologia pode ser aplicada para criar simulações de objetos ou produtos que ainda não existem. A tendência sugere que a sua aplicação aos processos de produção irá aumentar.

Estes serão usados ​​para monitorizar as plantas industriais e produzir gémeos digitais correspondentes de maneira preventiva. Assim poder-se-á prever o efeito de importantes mudanças na produção (por exemplo, a fabricação de um novo modelo), primeiro realizando-as no gémeo digital, ou seja, num ambiente simulado.

8. Ética e privacidade digital

A aprovação do novo regulamento europeu de proteção de dados, o RGPD, aumentou consideravelmente a preocupação das empresas em proteger os dados dos seus clientes europeus.

Os utilizadores vão usar cada vez mais aplicações conectados à nuvem, de tal forma que em 2019 representará mais de 90% do tráfego móvel global

No entanto, a Gartner afirma que é uma tendência global que, em 2019, afetará todas as empresas. Consequentemente, conseguirão vencer as que lidam com estas preocupações de forma proactiva, conseguindo a confiança dos utilizadores.

9. Computação quântica

Outra das tendências tecnológicas são os computadores quânticos, que podem resolver problemas de extrema complexidade que os algoritmos tradicionais demoram a resolver. Este tipo de computação atua através de elementos chamados qubits ou bits quânticos.

Segundo a Gartner a indústria, tal como, o setor automóvel, financeiro, de seguros, farmacêutico, militar e de pesquisa é quem mais têm a ganhar, com o desenvolvimento desta tecnologia.

10. Aplicações móveis conectadas à nuvem

As restrições de segurança, memória e espaço de armazenamento em dispositivos móveis estão a levar os utilizadores a usar cada vez mais e mais aplicações conectadas à cloud. Assim, em 2019 deverão representar mais de 90% do tráfego móvel global.

Você pode estar interessado
Comentários

Adicione seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Agora você está vendo o conteúdo de APD zona centro.
Se desejar, pode aceder ao conteúdo adaptado à sua área geográfica